Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém. Mateus 28:19,20.JESUS CRISTO 

                   

 

PARCEIROS DAS RÁDIOS, VERDADE GOSPEL E WEB RÁDIO LOVE SOM GOSPEL, QUE RETRANSMITEM A NOSSA PROGRAMAÇÃO PARA TODO O PLANETA,VOCÊ TAMBÉM PODE ANUNCIAR NESSE ESPAÇO FALE CONOSCO 44 99966-0058 UMA ORGANIZAÇÃO LUIZ SOARES,JESUS A SINTONIA PERFEITA PARA O SEU DIA-A-DIA.
RÁDIO VERDADE GOSPEL A RÁDIO DA ATUALIDADE CRISTÃ LEVANDO VOCÊ MAIS PERTO DE DEUS.ORGANIZAÇÃO SERVO LUIZ SOARES. WEB RÁDIO LOVE SOM GOSPEL,TRANSMISSÃO SIMULTÂNEA COM A RÁDIO VERDADE GOSPEL 24 HORAS NO AR,TRAZENDO PARA VOCÊ OUVINTE O MELHOR DO MUNDO GOSPEL.VISITE TAMBÉM O SITE DA WEB RÁDIO LOVE SOM GOSPEL. www.webradiolovesomgospel.com FALE CONOSCO 44 99966-0058

webradioverdadegospel@gmail.com  (44)99966-0058

O MELHOR DO MUNDO GOSPEL 24 HORAS  NO AR UMA ORGANIZAÇÃO DO SERVO LUIZ SOARES
         
          

 

 
Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
Enquete
Qual história bíblica você acha mais interessante?
História de Paulo
História da rainha Ester
História de David
História de Moisés
História de Abraão
História de Jó
História de Sansão
História de Pedro
Ver Resultados

Rating: 3.0/5 (8860 votos)




ONLINE
1




Partilhe este Site...

 



 





2 Reis: A Triste História do Reino Dividido
2 Reis: A Triste História do Reino Dividido

O livro de 2 Reis registra três séculos tristes na história dos reinos de Israel e Judá. Continuando a história contada em 1 Reis, este livro relata os reinados paralelos dos reis de Israel e Judá do nono século a.C. até a queda destes reinos. Israel caiu à Assíria em 721 a.C., e Judá caiu À Babilônia em 586 a.C. O final do livro acrescenta mais informações sobre o cativeiro, com a última anotação sobre a libertação de Joaquim em 561 a.C.

Estes três séculos foram especialmente tristes, não somente pela queda destes dois reinos, mas pelos motivos que levaram o Senhor a determinar tal sofrimento para seu povo. Depois da divisão do reino, todos os reis do norte (Israel) foram rebeldes contra Deus. Alguns eram piores que outros, mas nenhum dos reis de Israel se mostrou fiel ao Senhor. Pouco mais de 200 anos depois da divisão dos reinos, Israel caiu. Vale a pena ler a explicação dos motivos deste castigo severo, registrada em 2 Reis 17.

Judá não foi muito melhor, mas teve alguns reis bons no meio de muitos ruins. Os esforços de Ezequias e alguns outros bons reis foram motivos para Deus adiar o castigo do reino do sul, mas 135 anos depois da queda de Israel, seu vizinho ao sul caiu aos babilônicos por causa dos mesmos erros.

Além de registrar os acontecimentos principais nos reinados dos líderes de Israel e Judá, este livro inclui relatos do trabalho de dois profetas importantes: Elias (introduzido em 1 Reis) e Eliseu, seu sucessor, e referências a outros profetas importantes, Isaías e Jonas.

Consideremos o conteúdo dos capítulos de 2 Reis:

Capítulos 1 e 2 enfatizam a transição de Elias a Eliseu, profetas influentes que procuraram alertar o povo e seus líderes sobre os perigos da sua rebeldia contra Deus.

Capítulos 3 a 13 continuam a ênfase no trabalho de Eliseu, mostrando sua interação com diversos reis. Nesta parte do livro, que abrange aproximadamente 50 anos de história, encontramos o cumprimento de profecias feitas em 1 Reis por meio de Elias sobre o fim da casa de Acabe, um dos piores dos reis de Israel.

Capítulos 14 a 17 apresentam informações sobre os acontecimentos principais em ambos os reinos durante as últimas oito décadas antes da queda de Israel (também conhecido como Samaria), o reino do norte. Samaria foi destruída em 721 a.C.

Capítulos 18 a 24 continuam o relato, seguindo somente a história de Judá. Nestes capítulos, são registrados os fatos mais importantes dos últimos 135 anos antes da queda de Jerusalém em 586 a.C. Observamos destaque especial em dois bons reis: Ezequias e seu bisneto, Josias.

Capítulos 24 e 25 descrevem em poucas palavras o sofrimento do povo de Judá na sua derrota diante dos babilônicos. O império mais poderoso do mundo foi usado por Deus para castigar seu povo desobediente. Eles cercaram Jerusalém, a cidade principal de Judá, por sete meses angustiantes antes de queimar o templo e todos os outros edifícios importantes da cidade. Levaram muitos dos judeus ao cativeiro na Babilônia.

Na leitura de 2 Reis, observamos constantemente o contraste entre homens de fé que respeitaram a vontade de Deus e os rebeldes que agiram contra as orientações divinas. Em um episódio após outro, percebemos a gravidade do pecado e de suas consequências. Deus desejava um povo santo, mas Israel se rebelou contra seu Senhor.

Os livros de 1 e 2 Reis, junto com os relatos complementares de 1 e 2 Crônicas, são de grande importância para entender as mensagens dos profetas do Antigo Testamento e a história do povo de Israel.

–por Dennis Allan

 



 


 

 


 

 
 

 

Por Gospel+ - Gospel+ Noticias

topo