Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém. Mateus 28:19,20.JESUS CRISTO 

                   

 

PARCEIROS DAS RÁDIOS, VERDADE GOSPEL E WEB RÁDIO LOVE SOM GOSPEL, QUE RETRANSMITEM A NOSSA PROGRAMAÇÃO PARA TODO O PLANETA,VOCÊ TAMBÉM PODE ANUNCIAR NESSE ESPAÇO FALE CONOSCO 44 99966-0058 UMA ORGANIZAÇÃO LUIZ SOARES,JESUS A SINTONIA PERFEITA PARA O SEU DIA-A-DIA.
RÁDIO VERDADE GOSPEL A RÁDIO DA ATUALIDADE CRISTÃ LEVANDO VOCÊ MAIS PERTO DE DEUS.ORGANIZAÇÃO SERVO LUIZ SOARES. WEB RÁDIO LOVE SOM GOSPEL,TRANSMISSÃO SIMULTÂNEA COM A RÁDIO VERDADE GOSPEL 24 HORAS NO AR,TRAZENDO PARA VOCÊ OUVINTE O MELHOR DO MUNDO GOSPEL.VISITE TAMBÉM O SITE DA WEB RÁDIO LOVE SOM GOSPEL. www.webradiolovesomgospel.com FALE CONOSCO 44 99966-0058

webradioverdadegospel@gmail.com  (44)99966-0058

O MELHOR DO MUNDO GOSPEL 24 HORAS  NO AR UMA ORGANIZAÇÃO DO SERVO LUIZ SOARES
         
          

 

 
Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
Enquete
Qual história bíblica você acha mais interessante?
História de Paulo
História da rainha Ester
História de David
História de Moisés
História de Abraão
História de Jó
História de Sansão
História de Pedro
Ver Resultados

Rating: 3.0/5 (8860 votos)




ONLINE
1




Partilhe este Site...

 



 





Isaías: Profeta da Salvação
Isaías: Profeta da Salvação

Isaías é o primeiro de 17 livros do Antigo Testamento identificados como livros de profecia, normalmente divididos em duas partes: 5 profetas maiores e 12 profetas menores. A função dos profetas foi transmitir a palavra de Deus. Às vezes, suas mensagens serviam para anunciar de antemão os planos de Deus, mas seu trabalho principal foi a entrega da palavra de Deus aos seus próprios contemporâneos. Isaías ilustra bem estes dois aspectos do trabalho profético, pois sua mensagem se aplicou principalmente aos ouvintes originais nos séculos VIII e VII a.C., mas alguns trechos olham para os planos de Deus de oferecer a salvação por meio de Jesus Cristo e unir seu povo sob a liderança deste Servo fiel.

Isaías andava livremente entre os nobres de Jerusalém durante os reinados de Uzias, Jotão, Acaz e Ezequias (Isaías 1:1). No seu contexto histórico, os povos de Israel (o reino do norte) e Judá (o reino do sul) viviam preocupados com a ameaça assíria. Os assírios destruíram a capital de Israel em 722/721 a.C. e, nos anos seguintes, destruíram várias cidades de Judá e chegaram a cercar Jerusalém. Enquanto a tendência humana é de atribuir conflitos deste tipo a problemas políticos, a mensagem deste profeta foi clara. Judá sofria porque vivia em rebeldia contra Deus: “Por que haveis de ainda ser feridos, visto que continuais em rebeldia? Toda a cabeça está doente, e todo o coração, enfermo” (Isaías 1:5).

Em contraste com a impotência e a impureza de Judá, Isaías destaca as características de Deus. Mais de 60 vezes, Deus é chamado de “SENHOR dos Exércitos”, uma expressão que enfatiza a sua onipotência e capacidade de defender os fiéis e castigar os ímpios: “Assim diz o SENHOR, Rei de Israel, seu Redentor, o SENHOR dos Exércitos: Eu sou o primeiro e eu sou o último, e além de mim não há Deus” (Isaías 44:6). “Santo de Israel”, um termo usado mais em Isaías do que em todos os outros livros da Bíblia, frisa sua separação absoluta do pecado: “Exulta e jubila, ó habitante de Sião, porque grande é o Santo de Israel no meio de ti” (Isaías 12:6).

Na leitura de Isaías, observamos duas divisões principais. Os primeiros 39 capítulos tratam principalmente da circunstância do povo naquela época do Antigo Testamento, e os últimos 27 capítulos apontam para o Servo Sofredor e a salvação que viria por meio do Messias. Nestes capítulos, o Senhor revelou aspectos importantes do seu plano, incluindo o sacrifício de Jesus pelos nossos pecados e a vinda do Reino de Cristo, profecias cumpridas no Novo Testamento. Observemos os assuntos tratados nos capítulos de Isaías:

Capítulos 1 a 12 contêm várias profecias sobre o povo de Judá e sua cidade principal, Jerusalém.

Capítulos 13 a 24 falam de castigo divino de nações pagãs.

Capítulos 25 a 27 asseguram os fiéis da proteção divina.

Capítulos 28 a 35 chamam o povo a confiar em Deus e não nas alianças com outras nações.

Capítulos 36 a 39 narram alguns fatos do reinado de Ezequias e o livramento de Jerusalém quando o povo foi ameaçado pelos assírios.

Capítulos 40 a 66 falam sobre o Servo do Senhor e seu Reino. Estes capítulos incluem algumas das mais ricas profecias messiânicas do Antigo Testamento, e são citados frequentemente no Novo Testamento.

Por causa da riqueza da sua mensagem sobre a salvação que Deus preparava para aqueles que chegariam a confiar plenamente nele, o livro de Isaías tem sido descrito como o evangelho do Antigo Testamento. É um livro que merece nosso estudo cuidadoso!

–por Dennis Allan

 



 


 

 


 

 
 

 

Por Gospel+ - Gospel+ Noticias

topo