Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém. Mateus 28:19,20.JESUS CRISTO 

                   

 

PARCEIROS DAS RÁDIOS, VERDADE GOSPEL E WEB RÁDIO LOVE SOM GOSPEL, QUE RETRANSMITEM A NOSSA PROGRAMAÇÃO PARA TODO O PLANETA,VOCÊ TAMBÉM PODE ANUNCIAR NESSE ESPAÇO FALE CONOSCO 44 99966-0058 UMA ORGANIZAÇÃO LUIZ SOARES,JESUS A SINTONIA PERFEITA PARA O SEU DIA-A-DIA.
RÁDIO VERDADE GOSPEL A RÁDIO DA ATUALIDADE CRISTÃ LEVANDO VOCÊ MAIS PERTO DE DEUS.ORGANIZAÇÃO SERVO LUIZ SOARES. WEB RÁDIO LOVE SOM GOSPEL,TRANSMISSÃO SIMULTÂNEA COM A RÁDIO VERDADE GOSPEL 24 HORAS NO AR,TRAZENDO PARA VOCÊ OUVINTE O MELHOR DO MUNDO GOSPEL.VISITE TAMBÉM O SITE DA WEB RÁDIO LOVE SOM GOSPEL. www.webradiolovesomgospel.com FALE CONOSCO 44 99966-0058

webradioverdadegospel@gmail.com  (44)99966-0058

O MELHOR DO MUNDO GOSPEL 24 HORAS  NO AR UMA ORGANIZAÇÃO DO SERVO LUIZ SOARES
         
          

 

 
Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
Enquete
Qual história bíblica você acha mais interessante?
História de Paulo
História da rainha Ester
História de David
História de Moisés
História de Abraão
História de Jó
História de Sansão
História de Pedro
Ver Resultados

Rating: 3.0/5 (8860 votos)




ONLINE
1




Partilhe este Site...

 



 





Joel: O Terrível Dia do Senhor
Joel: O Terrível Dia do Senhor

O nome Joel significa “Jeová é Deus”. Ele era filho de Petuel, também desconhecido fora deste livro. Quando se trata do contexto histórico de Joel, alguns sugerem uma data no século IX a.C., mas as evidências internas parecem mais favoráveis a uma data depois do cativeiro na Babilônia. Obviamente algo havia interrompido o serviço a Deus no templo em Jerusalém: “Cortada está da Casa do SENHOR a oferta de manjares e a libação; os sacerdotes, ministros do SENHOR, estão enlutados” (Joel 1:9). Pode ser apenas uma referência à falta de produtos do campo para as ofertas ao Senhor, devido à praga de gafanhotos, ou pode se referir ao resultado da destruição do templo. Mais tarde, Deus fala sobre as nações que espalharam os israelitas “por entre os povos, repartindo a minha terra entre si” (Joel 3:2). Ele também comenta sobre as coisas preciosas que foram levadas para colocar nos templos das nações, linguagem que corresponde à pilhagem do templo em Jerusalém em 586 a.C. (Joel 3:5). No mesmo contexto, comenta sobre os filhos de Judá que foram vendidos aos gregos, outra referência que se enquadra no período depois da queda de Jerusalém (Joel 3:6).

Na leitura de Joel, observamos que:

Os capítulos 1 e 2 falam da praga de gafanhotos como castigo divino.

Capítulo 2 frisa a misericórdia do Senhor e inclui uma profecia importante sobre a salvação que seria oferecida pelo Espírito Santo.

Capítulo 3 fala do castigo das nações que maltrataram o povo de Deus e olha para a expiação e habitação segura do povo do Senhor.

Independente da data de composição, a mensagem do livro é clara. Joel avisa sobre a vinda do Dia do Senhor, um dia de escuridão e castigo (Joel 2:1-2). Ele emprega no livro referências a uma praga devastadora de gafanhotos que é comparada à invasão de um exército forte: “Correm como valentes; como homens de guerra, sobem muros; e cada um vai no seu caminho e não se desvia da sua fileira.... Assaltam a cidade, correm pelos muros, sobem às casas; pelas janelas entram como ladrão.” (Joel 2:7,9). O castigo é tão terrível que as luminárias do céu retêm a sua luz:“Diante deles, treme a terra, e os céus se abalam; o sol e a lua se escurecem, e as estrelas retiram o seu resplendor” (Joel 2:10; veja 3:15).

Depois destas descrições do castigo, o profeta levanta uma pergunta que pede resposta: “O SENHOR levanta a voz diante do seu exército; porque muitíssimo grande é o seu arraial; porque é poderoso quem executa as suas ordens; sim, grande é o Dia do SENHOR e mui terrível! Quem o poderá suportar?” A resposta implícita nos versículos seguintes é uma das lições mais valiosas do livro, pois mostra que o homem que pode suportar um julgamento divino é aquele que se converte ao Senhor de fato: “Ainda assim, agora mesmo, diz o SENHOR: Convertei-vos a mim de todo o vosso coração; e isso com jejuns, com choro e com pranto. Rasgai o vosso coração, e não as vossas vestes, e convertei-vos ao SENHOR, vosso Deus, porque ele é misericordioso, e compassivo, e tardio em irar-se, e grande em benignidade, e se arrepende do mal” (Joel 2:12-13). Deus avisa sobre o castigo iminente e chama seu povo a se arrepender. A resposta depende de cada um!

Mas, a mensagem de Joel inclui um outro lado muito mais positivo. Joel profetiza sobre a descida do Espírito Santo e as consequentes bênçãos espirituais derramadas sobre os que invocam o nome do Senhor (compare Joel 2:28-32 com o cumprimento identificado pelo apóstolo Pedro em Atos 2:16-21). Depois de falar sobre o castigo do próprio povo do Senhor, ele mostrou que o povo fiel seria vindicado num grande julgamento das nações ímpias no vale da Decisão, permitindo a habitação segura dos fieis.

Quem pode suportar o juízo de Deus? Somente aquele que rasga o coração e se converte ao Senhor!

–por Dennis Allan

 



 


 

 


 

 
 

 

Por Gospel+ - Gospel+ Noticias

topo