Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém. Mateus 28:19,20.JESUS CRISTO 

                   

 

PARCEIROS DAS RÁDIOS, VERDADE GOSPEL E WEB RÁDIO LOVE SOM GOSPEL, QUE RETRANSMITEM A NOSSA PROGRAMAÇÃO PARA TODO O PLANETA,VOCÊ TAMBÉM PODE ANUNCIAR NESSE ESPAÇO FALE CONOSCO 44 99966-0058 UMA ORGANIZAÇÃO LUIZ SOARES,JESUS A SINTONIA PERFEITA PARA O SEU DIA-A-DIA.
RÁDIO VERDADE GOSPEL A RÁDIO DA ATUALIDADE CRISTÃ LEVANDO VOCÊ MAIS PERTO DE DEUS.ORGANIZAÇÃO SERVO LUIZ SOARES. WEB RÁDIO LOVE SOM GOSPEL,TRANSMISSÃO SIMULTÂNEA COM A RÁDIO VERDADE GOSPEL 24 HORAS NO AR,TRAZENDO PARA VOCÊ OUVINTE O MELHOR DO MUNDO GOSPEL.VISITE TAMBÉM O SITE DA WEB RÁDIO LOVE SOM GOSPEL. www.webradiolovesomgospel.com FALE CONOSCO 44 99966-0058

webradioverdadegospel@gmail.com  (44)99966-0058

O MELHOR DO MUNDO GOSPEL 24 HORAS  NO AR UMA ORGANIZAÇÃO DO SERVO LUIZ SOARES
         
          

 

 
Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
Enquete
Qual história bíblica você acha mais interessante?
História de Paulo
História da rainha Ester
História de David
História de Moisés
História de Abraão
História de Jó
História de Sansão
História de Pedro
Ver Resultados

Rating: 3.0/5 (8860 votos)




ONLINE
1




Partilhe este Site...

 



 





O CASAMENTO NOS TEMPOS DOS PATRIÁCAS
O CASAMENTO NOS TEMPOS DOS PATRIÁCAS

CASAMENTO E SEUS COSTUMES 

Deus começou o casamento com o primeiro homem e a primeira mulher. Quando Deus falou à Adão que um homem deveria deixar a sua parentela e se juntar a uma mulher assim se tornando um (Gênesis 2:24), ele estava descrevendo o casamento. Porém, não é necessariamente o desejo de Deus que todo mundo deva se casar, ele aprova o casamento em geral. Faz parte de seu plano para o ser humano. 

LEIS E COSTUMES DOS CASAMENTOS NA BÍBLIA

As escrituras se referem à diferentes formas e costumes de casamentos. Este, é um tópico complexo. Porém, podemos tirar algumas conclusões sobre o casamento nos tempos bíblicos examinando leis bíblicas e as descrições dos casamentos. 

A AUTORIDADE DO MARIDO 

Na sociedade Israelita, o pai era a figura de autoridade na casa. Sua esposa e seus filhos eram considerados sua posse, quase como suas terras e gados (Deuteronômio 5:21). Ele tinha o direito de vender suas filhas (Êxodo 21:7), e até tinha o poder de decisão de vida ou morte sobre a vida de seus filhos. A facilidade com a qual o marido podia acabar com seu casamento divorciando sua esposa, mostra a medida de sua autoridade na família (Deuteronômio 24:1-4; veja Deuteronômio 22:13-21). Em geral, a noiva deixava seus pais quando se casava e ia morar com o clan de seu marido. Na verdade, a frase "se casar com uma esposa" vem da raiz da palavra que significa "se tornar mestre" (Deuteronômio 21:13). A esposa tratava o seu marido e se referia à ele como seu mestre. 

POLIGAMIA E MONOGAMIA 

Há vários exemplos de poligamia, o casamento de um homem com duas ou mais esposas, no Velho Testamento. Jacó, por exemplo, era casado com Raquel e Lia. No entanto, não há dúvida que a maioria dos Israelitas eram monógamos, ter uma esposa por vez. Apesar de a bíblia não condenar a poligamia, ela com certeza não encoraja. A instrução original que Deus deu à Adão era que o homem deixaria o seu pai e a sua mãe e se uniria a sua mulher (Gênesis 2:24). 

CASAMENTO ENTRE PARENTES E COM ESTRANGEIROS 

Em Israel, o casamento acontecia com aqueles que eram da família imediata. Uma razão para isso acontecer, era para que o casal tivesse a mesma crença. Mas é lógico que se a pessoa tivesse o parentesco muito próximo, aí seria considerado incesto. Deus deu então regras ao povo para desencorajar as pessoas a se casarem com pessoas com o parentesco muito próximo ou mesmo muito distante. Casamentos entre primos, tais como Isaque e Rebeca eram comuns. Esse tipo de casamento nunca foi condenado nas Escrituras. 

ESCOLHA DE UM PARCEIRO 

Em geral, os jovens nos tempos bíblicos não escolhiam seus parceiros. O procedimento normal seria os pais do jovem ou da jovem arranjar o seu casamento. Quando as crianças tinham idade suficiente para se casar, os pais do noivo e da noiva se encontravam para resolver a questão, geralmente sem consultar nenhum dos dois jovens. 

DIVÓRCIO

Em contraste com o planejamento e banquete elaborado do casamento, o divórcio era simples. O homem poderia se divorciar de sua esposa se ele encontrasse nela uma falha de qualquer natureza, esse direito não foi abolido até o século 11 DC. O divórcio era desencorajado, no entanto, e o processo foi ficando gradativamente complexo. 

OS ENSINAMENTOS DE JESUS A CERCA DO CASAMENTO E DO ADULTÉRIO 

Os ensinamentos de Jesus tinham ênfases diferentes das do Velho Testamento. Por exemplo, o Velho Testamento não apontava a infidelidade do marido como adultério contra sua esposa. Quando contestado pelos judeus, Jesus disse que Deus havia feito uma esposa para um homem; por isso mesmo não deveria haver divórcio (Marcos 10:2-9). Mais adiante ele diz que se um homem se divorcia de sua esposa e se casa novamente, ele "adultera contra aquela" (Marcos 10:11). Desta maneira, Deus fez o homem e a mulher iguais quando se diz respeito a adultério. Um marido infiel é tão adúltero quanto uma esposa infiel. 

Fonte: iLúmina

 



 


 

 


 

 
 

 

Por Gospel+ - Gospel+ Noticias

topo